Procurar
Close this search box.
Blog Holistico A Magia de Novembro por Claudia Marques Garcia 00 Vera Dias Health Coach

A energia de Julho de 2023 aos olhos da numerologia e da astrologia 💫!

Entrámos no Verão a pés juntos com uma brasa que se fez sentir por todo o lado! Este fogo e calor não está só a acontecer aqui, obviamente que isto é um reflexo do que se passa lá em cima no nosso amigo Universo.

Com Vénus e Marte conjuntos em Leão, não há como aguentar tanta energia junta. É fogo, é coragem, é liderança, é motivação, é energia, é garra! Não sei se têm sentido isto… Ou pelo contrário uma completa inércia de… Para onde vou agora? O que também é perfeitamente normal. No final da rubrica do mês anterior referi que Julho seria uma altura onde estaríamos a olhar para as nossas raízes e onde nos precisaríamos de acolher, dar colo.

Apesar de estarmos ainda na lunação geminiana, a forte energia presente de Caranguejo que começou no final de Junho, continuará a sentir-se por todo o Julho pois entraremos na lunação canceriana a 17 de Julho. Enquanto nos mantivermos na lunação geminiana, regida por Mercúrio, estamos a aprender. A aprender o quê? Que sem a integração, concordância e olho clínico pela nossa história, pelo nosso passado, pelas nossas raízes, não conseguimos olhar em frente. Não saberemos por onde vamos, sentir-nos-emos perdidos, sem chão. Porque precisamos de perceber que temos raízes, que pertencemos a um sistema, a uma história, que temos uma estrutura forte, e mesmo quando estamos prestes a cair, sabemos que vamos estar amparados.

Então precisamos de trazer à consciência e à realidade toda a nossa história. Compreendermos tudo o que se passou. Perceber que tudo e qualquer coisa faz parte de nós, tanto o bom como o mau. E que trouxe uma aprendizagem, é importante, para o nosso presente e consecutivamente para o nosso futuro.

A Magia de Julho 2023 01 Blog Holistico Vera Dias Healh Coach

Muitas vezes achamos que estamos perdidos no mundo, que não conseguimos trocar de trabalho, ou sair de um relacionamento, ou lidar com uma morte necessária, com uma perda, pois colocamos a nossa segurança em algo exterior. Queremos esquecer tudo o que foi de mau e que ficou para trás, negando a sua existência e não compreendo a sua importância na sua vida.

Mas temos de integrar tudo, para que as coisas consigam sim fluir na direcção certa, da forma certa, na nossa vida. E a forma e direcção certas não quer dizer que sejam como nós queremos. O Universo não traz aquilo que queremos, mas sim aquilo que precisamos. O acordo que a nossa alma fez quando decidiu encarnar na nossa vida. E isso ajuda-nos a tirar o peso que colocamos às nossas costas de achar que temos de controlar tudo. Disclamer: não temos, nem controlamos.

Precisamos de aprender que a mente não controla nada. A mente é utilizada para fins bem mais lucrativos que estarmos a analisar e a pensar na nossa vida e para onde é a nossa direcção ou o nosso propósito.

Ninguém disse que isto é um desafio fácil. Mas também se fosse, não estaríamos todos aqui no planeta Terra. Com isto quero dizer-vos que é a altura de olharmos então para a nossa história. A nossa família.

– Que padrões e crenças têm vindo a ser perpetuados ao longo do tempo?
– Que posição eu ocupo no meu sistema familiar?
– Qual é a minha postura em relação aos meus pais?
– Que sentimentos tenho relativamente a eles ou outros elementos da minha família?
– Há alguma coisa que queira esconder na minha história ou que quisesse apagar?

É altura de trazermos isto à consciência e aprendermos mais sobre nós. Não numa postura de analisar o passado, mas sim perceber que tudo faz parte de mim. Tudo está em mim. Tudo tem de pertencer na nossa história. Inclusivamente as nossas emoções, inseguranças, medos, carências, vulnerabilidades, traumas, angústias, ressentimentos.

Muitas vezes a tendência é para varrermos as coisas debaixo do tapete, fingir que não existem e seguir com a nossa vida. Só que não funciona assim… E tudo aquilo que ignoramos eventualmente acabará por se entranhar na nossa vida com mais força e intensidade que antes.

A Magia de Julho 2023 02 Blog Holistico Vera Dias Healh Coach

Portanto sim, estamos na altura onde precisamos de assumir liderança, coragem e força, com motivação, para olharmos para o nosso caminho e percebermos a importância de tudo o que nos aconteceu. Para cuidarmos de nós. Para nos nutrirmos com o que realmente nos satisfaz. E sabias que grande parte dos problemas de nutrição tem a ver com a componente lunar? Com a forma como vivenciamos a nossa Lua, a do nosso mapa natal? Para não falar dos problemas do feminino! Porque é difícil lidar com a energia lunar. Preferimos ficar na rigidez, dureza, secura do Capricórnio, com a energia saturnina a trazer-nos amarras para a nossa vida. Achas que uma planta ou uma árvore, consegue prosperar se não for regada? Se só lhe derem sol? Onde estarão os nutrientes, onde está a sua nutrição, o que esta árvore estará a absorver da vida?

A árvore é apenas uma analogia à nossa vida. Pois nós também somos árvores que precisam de ser regadas e nutridas. Precisamos de olhar para as nossas necessidades e aprender a satisfazê-las! Precisamos de aprender a fazer a absorção certa do que necessitamos. Mas como fazer isso se não fomos ensinadas a receber e a sentirmo-nos merecedoras? O movimento é para dentro, no nosso coração. Para também aprendermos a valorizar-nos, tanto de forma pessoal como nas nossas relações.

Que possamos fazer essa transformação nas nossas vidas, que possamos viver mais alinhadas connosco, com mais amor e compaixão, tanto por nós como pelos outros, para que o amor flua no sentido certo. Que possamos também aprender a falar de emoções, a exprimirmo-nos e não reprimirmos quaisquer coisas que possamos sentir, sejam boas ou más. Tudo faz parte de nós e não somos 100% bonzinhos. Assumir o meu lado menos bom é importante para eu não estar a atrair aquilo que ando a reprimir na minha vida. E para deixar de ser tão dura e exigente comigo. Isto só me traz secura e como disse, a vida não prospera assim.

Esta é a minha reflexão para ti este mês. Deixo-te aqui também datas importantes de eventos astrológicos e quaisquer dúvidas sabes onde me encontrar, através das redes sociais em @claudiamarquesgarcia_ ou através de e-mail.

– Lua Cheia em Capricórnio (11º) a 3 de Julho às 12:38
– Quarto Minguante em Carneiro (17º) a 10 de Julho às 2:47
– Lua Nova em Caranguejo (24º) a 17 de Julho às 19:31
– Neptuno retrógrado em Peixes a 1 de Julho
– Vénus retrógrado em Leão a 23 de Julho

Claudia Marques Garcia

Claudia Marques Garcia

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Procurar
Procurar